Conteúdo

Deshaun Watson aparece no momento crucial e faz Buffalo pastar em Houston

5 de janeiro de 2020

(por Felipe Tostes)

 

O primeiro jogo de Wild Card desta temporada da NFL foi entre Houston Texans e Buffalo Bills, equipes que acabaram a temporada com campanhas idênticas, 10 vitorias e 6 derrotas, vantagem dos Texans, que se classificaram como campeões da AFC South, enquanto os Bills ficaram em segundo na East, com isso, o jogo foi realizado no NRG Stadium.

A partida começou com amplo domínio do Buffalo Bills, a equipe de Sean McDermott mostrou que não estava lá por acaso e, já na sua primeira campanha, mostrou personalidade. Josh Allen apareceu de uma maneira um tanto quanto diferente para um quarterback, primeiro com uma grande corrida para mais de 40 jardas, até ai normal, mas no final da campanha, em uma jogada engraçadinha a equipe dos Bills chegou ao touchdown com o Wide Receiver, John Brown, lançando a bola para seu quarterback anotar o TD.

Nada nestes primeiros momentos de partidas dava certo para a equipe da casa, o ataque estava sofrendo com a grande pressão imposta pela defesa dos Bills, sinal disso foi que Deshaun Watson foi sacado quatro vezes ao longo do primeiro tempo de partida, e a equipe foi para os vestiários sem conseguir pontuar.

O ataque de Buffalo encontrou um bom ritmo na mescla de alguns bons passes de Allen aliados a corridas de Singletary, e assim, antes do intervalo, a equipe conseguiu alinhar para dois Field Goals de 40 jardas, ambos convertidos por Stephen Hauschka.

Intervalo de partida: Buffalo Bills 13x0 Houston Texans

 

A partida voltou com mais pesadelos para os texanos, primeiro com a arbitragem marcando um TD totalmente inexistente no retorno, e gerando apreensão até a revisão que fez as zebras voltarem atrás. E, logo depois, com o fumble sofrido recuperado pela defesa dos Bills, que na posse seguinte conseguiram anotar outro FG, desta vez para 38 jardas.

A maré só começou a virar quando Watson, enfim, conseguiu aparecer na partida e mostrar seu jogo, fazendo disso um fator decisivo para sua equipe. Primeiro, o quarterback conseguiu anotar um Touchdown com uma linda corrida e, logo na sequência, conseguiu novamente entrar na end zone com suas próprias pernas para garantir os dois pontos extras.

Agora o momento crucial, que mudou a figura do jogo, ocorreu logo na campanha seguinte, com Josh Allen sofrendo um fumble recuperado pela defesa de Houston. A partir deste, o time começou o último período de partida pontuando, com um FG de 41 jardas convertido por Ka’imi Fairbairn.

A torcida da casa veio abaixo quando o ataque voltou a campo e Watson conseguiu conectar uma big play com Hopkins, que garantiu um avanço de campo para mais de 40 jardas, a virada foi consumada com o quarterback passando para Carlos Hyde garantir o touchdown.

 

 

O jogo acabou entrando em um momento crítico, primeiro a pressão estava toda ao lado dos Bills, a equipe até conseguiu um grande avanço com Allen lançando com Singletary, mas em uma terceira descida para 13 jardas, o time acabou perdendo mais 14 jardas em decorrência de um “intentional grounding” e saiu da zona de FG, precisando ir a frente, a equipe arriscou a última descida e acabou piorando ainda mais a situação quando Allen sofreu um sack e deixou Houston em uma ótima posição de campo.

Com pouco tempo no relógio Watson e cia voltaram a campo para garantir a vitória, mas em uma decisão um tanto quanto questionável, ao invés de Houston chutar um Field Goal e abrir 6 pontos de vantagem no placar, optou por tentar a conversão de uma quarta descida para uma jarda, a mesma não ocorreu, assim devolvendo a posse da bola para Buffalo.

Os Bills aceitaram o presente e fizeram o necessário para levar o jogo para a prorrogação, a equipe caminhou até conseguir alinhar para um FG, desta vez 47 jardas, convertido por Haushcka.

Encerramento do tempo normal: Buffalo Bills 19x19 Houston Texans

 

Chegamos então no tempo extra, na disputa do cara ou coroa a equipe da casa ganhou e teve a vantagem de vencer a partida logo na primeira posse, caso anotasse o touchdown. Mas tanto Texans quanto Bills não conseguiram nenhuma pontuação em suas primeiras posses.

Na segunda vez que o ataque de Houston veio a campo, conseguiu bons avanços com Watson passando a bola, mesmo o quarterback sofrendo outro sack isso não influenciou, já que na sequência o mesmo conseguiu ligar Taiwan Jones para um grande avanço de 34 jardas, deixando o time em uma ótima posição para chutar o Field Goal, eram apenas 28 jardas, para um chute que prontamente foi convertido por Fairbairn, sacramentando a vitória do Houston Texans.

 

 

Fim de jogo: Buffalo Bills 19x22 Houston Texans

 

Os Texans dependem do resultado entre Patriots e Titans para saberem qual será seu próximo adversário. Se New England vencer, Houston enfrenta o Baltimore Ravens, caso dê Tennessee, os texanos viajam até o Arrowhead Stadium para desafiarem o Kansas City Chiefs de Mahomes. Em ambos os casos o Houston Texans entrará como azarão, porém, não dá para duvidar de Deshaun Watson.

Pelo lado dos Bills, a derrota foi dolorida por estar com o placar favorável em 16 a 0 no terceiro período, mas o saldo da temporada é pra lá de positivo, já que a campanha de Buffalo foi muito além do que todos poderiam imaginar antes do início da competição.