Conteúdo

249 dias após o Draft, Daniel Jones confirma expectativa dos fãs e classifica os Eagles aos playoffs.

30 de dezembro de 2019

(por Felipe Tostes)

 

No último domingo da temporada regular da NFL tivemos o duelo entre New York Giants e Philadelphia Eagles, confronto pela NFC Leste, que valia diretamente a classificação dos Eagles para os playoffs.

Uma partida chuvosa no MetLife Stadium, onde os times demoraram para entrar em campo e conseguirem fazer algo. Nos dois primeiros quartos quem se saiu melhor foi o time que realmente precisava da vitória, os Eagles. A equipe de Doug Pederson conseguiu pontuar com um FG de 31 jardas, convertido por Jake Elliott, e com um TD no passe de Carson Wentz para Joshua Perkins. Já a equipe da casa, em ritmo de férias, só conseguiu um FG de 37 jardas, convertido por Aldrick Rosas.

Intervalo de jogo: Philadelphia Eagles 10x3 New York Giants

 

Ao voltar do intervalo, o time de New York mostrou outra cara, fizeram um terceiro período diferente da realidade encontrada durante toda a temporada. Primeiro com o rookie Daniel Jones encontrando o veterano Golden Tate para anotar o primeiro touchdown da equipe e depois com o running back Saquon Barkley fazendo o que todos esperam dele, o corredor viu uma janela e correu 68 jardas para anotar mais um TD a favor dos Giants.

Não podendo vacilar os Eagles se mostraram valentes e seguiram no controle do jogo, para isso o time contou com Boston Scott correndo para marcar um touchdown e, mais uma vez, com o bom trabalho de seu kicker, que converteu um difícil FG de 50 jardas na chuva.

Então, chegamos ao último quarto de partida com o marcador anotando 20 a 17 para Philly, tudo aberto e premissa de muita emoção. Porém, após a partida ficar equilibrada e prometer um final sensacional, os Giants voltaram a ser Giants, em especial o seu quarterback. Após sofrer um fumble que foi recuperado pela defesa o jogo mudou totalmente de figura e virou um passeio para a equipe de Philadelphia. Logo após a boa recuperação defensiva, Boston Scott conseguiu outro touchdown terrestre que deu duas posses de bola de vantagem no placar.

Desesperado, NY acabou cometendo “tree and out” na campanha seguinte e, na respectiva, precisando arriscar para conseguir algo na partida, os comandados de Pat Schurmur acabaram em um “turnover on downs”.

Para liquidar a partida de vez e garantir vaga na pós-temporada, os Eagles seguiram a fórmula que estava dando certo, e através do seu jogo corrido conseguiram outro TD, novamente com Scott.

O ponto final da partida veio com Daniel Jones, que para ficar em evidência colou a cereja no bolo com uma interceptação. O quarterback ao lançar na direção de Darius Slayton, acabou interceptado por Sidney Jones.

Fim de jogo: Philadelphia Eagles 34x17 New York Giants

 

O Philadelphia Eagles vence o jogo e mais do que isso, segue vivo na liga. O time de Doug Pederson chega como o patinho (águia) feio da NFC, e não é para menos, a campanha 9-6 não convence ninguém de que o time poderá ir mais longe do que isso, até mesmo por causa de tantos jogadores lesionados. Os Eagles ainda aguardam seu adversário, mas com a certeza que a partida será na Philadelphia.

Já o New York Giants fecha mais uma temporada decepcionante, nesta transição de Eli Manning para Daniel Jones que não parece ser o futuro que a equipe precisa. E, quanto ao HC Pat Schurmur, será que ainda vão insistir nele? Dúvidas que assombram a franquia de New York, e que teremos que aguardar até a próxima temporada para descobrir.