Conteúdo

New Orleans Saints humilha o Carolina Panthers e mantém briga por folga nos playoffs

29 de dezembro de 2019

(por Nilton Sergio)

Com um bye no wildcard dos playoffs da NFC em jogo, o New Orleans Saints pisou no acelerador no começo e só aliviou quando o Carolina Panthers estava em estado total de humilhação. A diferença entre os elencos e QBs é tanta, que a surra em Charlotte mais parecia um treino para os comandados de Sean Payton.

Os Saints não pouparam titulares no começo do jogo. O ataque continuou mostrando a competência de toda temporada e rapidamente abriu 35 a 0. Enquanto isso, a defesa massacrou o QB novato Will Grier, que de tanto apanhar teve de sair, ainda no primeiro tempo, com uma contusão na perna. Suas estatísticas na partida ficaram em 1 passe acertado de 8 tentados para 4 jardas, além de uma pick-six horrorosa para o LB AJ Klein.

A única nota positiva do time de Carolina em toda a temporada foi o RB Christian McCaffrey. Nesta partida, novamente ele carregou a franquia nas costas e atingiu um grande feito estatístico: mais de 1000 jardas terrestres e de recepção na temporada.

Com Grier fora da partida, os Panthers melhoraram um pouco no ataque. Ao longo do segundo tempo, os Saints foram tirando seus titulares. Até mesmo o QB Drew Brees pôde descansar o último quarto inteiro, após anotar 3 TDs e acertar 19 passes de 30 para 253 jardas.

 

 Final- New Orleans Saints 42 X 10 Carolina Panthers

 

 

A 13ª vitória na temporada veio com pouco esforço para os Saints. Nem por isso ela deixou de ser importante. Se houver derrota do San Francisco 49ers para o Seattle Seahawks no SNF, o time avança como número 2 e terá uma estratégica folga na primeira rodada dos playoffs para descansar titulares e ajudar eventuais contundidos.

Os Panthers terminam uma temporada horrível da pior forma possível. A humilhação para o rival de divisão, em casa, será seguida de uma offseason com procura de um novo técnico e a decisão de manter ou não o QB Cameron Newton.