Conteúdo

Domingão de NBA tem show de Anthony Davis, vitória do Heat com seu novo herói, atropelo dos Clippers e mais

9 de dezembro de 2019

(por Jefferson Castanheira)

 

I Need a Herro

Bonnie Tyler nunca deve ter sido tão tocada na cidade de Miami. Dona do clássico “I Need a Hero”, de sua longa e gloriosa carreira, a cantora talvez não imaginaria que um dia sua música seria representada por um jovem novato na NBA em uma equipe do sul da Flórida, 32 anos após o lançamento de seu hit. Miami, após ver LeBron voltar para os Cavs, Bosh se aposentar e Wade tomar o mesmo caminho, precisava de um herói. E parece que o chamado veio com muita precisão de longa distância. Tyler Herro. Herói no sobrenome com até mais um R para orgulho dos Galvão’s Bueno’s no mundo todo, resolveu ser herói também em quadra. O novato foi o principal motivo da vitória do Heat contra o Chicago Bulls, e graças a essa conquista, Miami continua sendo invicto dentro de casa, vencendo nas 10 vezes que jogou na American Airlines Arena. Confrontando um Bulls muito empolgado e elétrico, Miami soube administrar a pressão de estar atrás do placar várias vezes e, graças à cesta do empate de Tyler Herro, o jogo foi para a prorrogação. No tempo extra, três bolas de três pontos para Herro ser o prenúncio de seu sobrenome. O herói da noite na mais latina das franquias da NBA terminou com 27 pontos, 6 rebotes e 3 assistências, seguido de Jimmy Buttler com 23 pontos, 6 rebotes e 7 assistências e de Bam Adebayo com 21 pontos, 13 rebotes, 6 assistências e 3 roubadas de bola. Pelos Bulls, Lauri Markkanen foi o principal destaque com 22 pontos.

FINAL OT: Chicago Bulls 105 x 110 Miami Heat 

 

AD põe KAT na UTI!

 

 

Que noite fantástica no Staples Center para o Los Angeles Lakers. Donos da partida do começo ao fim, os Lakers destruíram sem qualquer chance de seu rival, que dessa vez foi o Minnesota Timberwolves. Anthony Davis estava em uma noite absolutamente absurda e com 50 pontos marcados, 7 rebotes e 6 assistências (4 roubadas de bola), castigou e não deixou Karl Anthony Towns respirar. Muito disso se deve também a mais uma partida excepcional de LeBron James, que ajudou e muito com suas 13 assistências (fora os 32 pontos marcados). Alex Caruso, o Bald Mamba, também estava pegando fogo com 16 pontos. Por Minnesota, KAT e Andrew Wiggins ficaram nos 19 pontos ambos.

FINAL: Minnesota Timberwolves 125 x 142 Los Angeles Lakers

 

Oklahoma surprise!

Portland não conseguiu desenvolver um bom basquete e foi surpreendido por um OKC vitaminado e com whey protein no sangue. Vitória tranquila do Thunder sob um Blazers apagadíssimo em quadra, que deixou Shai Gilgeous-Alexander terminar a noite com 21 pontos e 9 rebotes, seguido de Chris Paul com 20 pontos e Dennis Schroder com também 21 pontos. Nerlens Noel contribuiu com um double-double de 13 pontos e 12 rebotes. Pelo lado de Portland, apenas Dame-Time e CJ McCollum contribuíram positivamente, enquanto todo o restante do time estava descompensado (e isso incluí Carmelo Anthony) CJ fez 20 pontos e Lillard 26.

FINAL: OKC 108 x 96 Portland Trail Blazers 

 

Sem risadinha para o Joker

 O Brooklyn Nets recebeu o Denver Nuggets e não se intimidou com o fato da franquia de Nikola Jokic ser uma das equipes mais equilibradas da liga. Em casa, defendendo seu território, os Nets bateram e lutaram por cada posse de bola, estando em todos os lados da quadra pra tentar parar o Denver Nuggets. Em uma partida acirradíssima e cheia de reviravoltas no placar, a vitória ficou com Brooklyn no fim, graças a uma grande partida de Spencer Dinwiddie. O armador cercou de tudo o que era jeito defensivamente e ainda bateu ofensivamente com 24 pontos e 8 assistências, sendo o líder da equipe. Joker jogou com Jamal Murray, mas seus combinados 45 pontos não resultaram na vitória.

Final: Denver Nuggets 102 x 105 Brooklyn Nets

 

Philly Special

 

 

Era pra ter sido muito mais acirrado, porém, mesmo com o placar final sendo diferenciado por apenas 6 pontos, os Sixers tiveram total controle na vitória contra os Raptors, que perderam Fred VanVleet durante a partida com dores no joelho. Com esse game-changing de perder um dos seus melhores jogadores, Toronto desandou de vez e chegou a apanhar por 21 pontos de diferença, recuperando um pouco somente no último quarto, quando claramente Philadelphia ligou o garbage time. Tobias Harris fez 26 pontos, seguido de Ben Simmons com 16 pontos, 11 rebotes e 9 assistências. Por Toronto, Kyle Lowry fez 26 pontos e tentou manter o ânimo dos Raptors, mas sem sucesso.

FINAL: Toronto Raptors 104 x 110 Philadelphia 76ers 

 

“Três” Young on a mission!

 O Atlanta Hawks continua tentando recuperar seu prestígio e melhorar suas estatísticas na temporada. E as vezes fica meio claro que as águias de Atlanta dependem e muito de Trae Young. O melhor shooter de três pontos da conferência leste castigou e venceu a partida com seus 30 pontos marcados, liderando a vitória contra o time de PJ Washington, com seus 20 pontos marcados para o Hornets. Mas, se nem andorinha sozinha faz verão, imagina uma vespa.

Final: Atlanta Hawks 122 x 107 Charlotte Hornets

 

Sacramento inspiradíssimo!

Não era a noite de Luka Doncic e cia. Mesmo com mais um bom desempenho do esloveno (27pts), o Dallas Mavericks não ficou na frente do placar em nenhum momento da partida e viu, com incredulidade, um Sacramento avassalador. 30 pontos para Nemanja Bjelica, que manjando o adversário, liderou os Kings até a realeza. Seu discípulo seguinte foi Buddy Hield, com 26 pontos anotados. Vitória onde os reis transformaram seus adversários em bobos da corte, em vista que os Kings abriram mais de 25 pontos no terceiro período e, mesmo seu time já sendo meio garbage, fez até Yogi Ferrell jogar no último período, sinalizando a recuperação sem sucesso dos Mavs.

Final: Sacramento Kings 110 x 106 Dallas Mavericks

 

Segue o planejamento

 

 

O Los Angeles Clippers continua seguido a rabeira do caminhão do Los Angeles Lakers. Dessa vez batendo tranquilamente o Washington Wizards, o time da dupla Kawhi-George continua assustando a liga. Sem muito esforço e no automático, Leonard fez 34 pontos e 11 rebotes, enquanto PG13 fez 27 pontos, 6 rebotes e 6 assistências. Fora a dupla, Lou Williams ajudou vindo do banco com 18 pontos e Montrezl Harrell fez 20 pontos. Pelos Wizards, Troy Brown Jr foi um dos destaques com 22 pontos. Davis Bertans foi o principal nome ofensivo com 25 anotados.

FINAL: Los Angeles Clippers 135 x 119 Washington Wizards