Conteúdo

Washington National vs Milwaukee Brewers - Prévia Wild Card

1 de outubro de 2019

(por Leonardo Costa)

Hoje (01), começam os playoffs 2019 da MLB com o duelo de Wild Card da Liga Nacional entre Washington Nationals e Milwaukee Brewers, equipes com estilos diferentes, sobretudo no uso de seus pitchers, e que chegaram a está altura da disputa após muitos percalços. Agora, quem perder está eliminado.

A equipe da capital concluiu a temporada regular com uma sequência de oito vitórias consecutivas, que foi coroada com uma varrida sobre os Indians. Já a franquia de Milwaukee havia vencido sete partidas em fila e 18 de 20 antes de ter a possibilidade de conquistar o título da Divisão Central da Liga Nacional, mas deixou escapar após perder a última série para os Rockies.

Os Nationals contam em seu elenco com o catcher brasileiro Yan Gomes, e ficaram atrás dos Braves em sua divisão. Com um péssimo início de temporada, incluindo uma desvantagem de 8,5 para os playoffs em maio, a franquia foi aos poucos demonstrando todo seu poder, com alguns jogadores sendo protagonistas da arrancada que os levou até o wild card. Dentre esses jogadores, destacam-se Anthony Rendon, 3B que inclusive é cotado para estar entre os três melhores jogadores da Nacional, que terminou com um OPS de 1.010 e líder da MLB em corridas impulsionadas com 126; Juan Soto, jovem dominicano de apenas 20 anos, que manteve o alto nível de atuações da temporada passada e é tratado cada vez mais como futuro da franquia e; Max Scherzer, 3x Cy Young da liga e que, mesmo não tendo o melhor de seus anos e sofrendo com muitas lesões, continua sendo um pesadelo para os rebatedores.

Muitos davam a temporada de Milwaukee encerrada após a lesão de Christian Yelich, atual MVP e um dos postulantes ao título novamente, mas conseguiram um final de campanha memorável, deixando para trás os Cubs e garantindo o segundo lugar da Central, atrás apenas dos Cardinals. Diferentemente do adversário, que possui uma rotação de grandes nomes como uma de suas principais virtudes, os Brewers apostam alto em seu bullpen, principalmente em Josh Hader, um dos melhores closers de toda liga e uma máquina de strikeouts. Ofensivamente, sem Yelich, o destaque fica por conta do coletivo da equipe, no qual alguns se sobressaíram , como o novato Keston Hiura, que jogou apenas metade da temporada, mas terminou rebatendo .303. Outro nome para ficar de olho é Yasmani Grandal, catcher que estava nos Dodgers no ano passado, eliminando os Brewers na final da Nacional. Grandal, ao lado de Mike Moustakas, dará à equipe a experiência necessária em jogo mata-mata.

Possíveis Lineups

Nationals

1 - Trea Turner (SS)
2 - Adam Eaton (RF)
3 - Anthony Rendón (3B)
4 - Juan Soto (LF)
5 - Howie Kendrick (1B)
6 - Asdrúbal Cabrera (2B)
7 - Kurt Suzuki (C)
8 - Victor Robles (CF)
9 - Max Scherzer (P)

Brewers

1 - Trent Grisham (RF)
2 - Yasmani Grandal (C)
3 - Mike Moustakas (3B)
4 - Keston Hiura (2B)
5 - Ryan Braun (LF)
6 - Eric Thames (1B)
7 - Lorenzo Cain (CF)
8 - Orlando Arcia (SS)
9 - Brandon Woodruff (P)

Opinião

Será um jogo em que a tensão estará no máximo, afinal, trata-se de uma partida em que o perdedor deixa para trás a chance de conquistar a World Series, título que tanto Nationals quanto Brewers não possuem.

Entretanto, além de toda essa tensão, as equipes vêm para o confronto com algumas pistas do que pode acontecer. Os Brewers apostaram em Brando Woodruff como abridor do duelo, mas sabendo que não está em sua melhor forma física, é provável que a equipe diminua sua abertura e utilize um bom número de pitchers, tudo para que o jogo chegue nas mãos de Josh Hader para ele fechar o duelo. Em contrapartida, os Nationals terão no montinho Max Scherzer, que dispensa apresentações, mas também não seria supresa que Patrick Corbin aparecesse no meio da partida arremessando.

Em suma, penso que os Nationals vencem a disputa, primeiro por terem alguns nomes de maior qualidade no bastão, mas sem dúvidas dependem muito de uma sólida abertura de Scherzer.