Conteúdo

Austrália permanece invicta, despacha República Tcheca e avança para as semifinais do mundial da FIBA

11 de setembro de 2019

(por Cassiano Pinheiro)

 

A segunda partida do dia e última das quartas de finais do mundial da FIBA colocou frente a frente Austrália e República Tcheca para um bom jogo de basquete. Os australianos queriam defender sua invencibilidade no torneio, enquanto os tchecos, algozes do Brasil buscavam contrariar as estatísticas e avançar para uma sonhada semifinal.

O jogo começou muito bom, com os dois times trocando pontos e sem nenhuma equipe conseguir abrir vantagem, tanto que o primeiro quarto terminou empatado, com o marcador apontando 17-17. O principal jogador australiano nesse mundial e talvez o principal jogador do próprio campeonato até o momento, Patty Mills jogou muito de novo. O armador que atua pelo San Antonio Spurs da NBA pegou fogo e comandou o início de jogo de seu time anotando os 8 primeiros pontos da equipe, com direito a duas bolas de três.

A República Tcheca conseguiu manter o duelo equilibrado até próximo do fim do terceiro período. Os australianos se mostravam superiores no jogo, sempre a frente, mas nunca conseguindo deslanchar. Muito por conta de uma boa atuação do melhor jogador tcheco, o armador Tomas Satoransky, que chegou muito próximo de um triplo-duplo, algo extraordinário para o mundo FIBA. Satoransky terminou a partida com 13 pontos, 9 rebotes e 13 assistências. Outro destaque dos europeus foi Patrik Auda, cestinha do time com 21 pontos. Porém, com o fim da partida se aproximando a Austrália aumentou o ritmo, fazendo um jogo muito rápido e mesclando muito bem bolas de fora com as infiltrações, os boomers abriram vantagem de aproximadamente 10 pontos, que conseguiram manter o até o fim. Se no primeiro tempo Patty Mills e Joe Ingles foram as principais peças do time, na segunda etapa os que mais se destacaram foram Chris Goulding (14 pts) e Andrew Bogut (10 pts). Menção honrosa também para o pivô Jock Landale, o camisa 4 foi autor de 3 belas enterradas.

 
Final: Austrália 82 x 70 República Tcheca
 

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"3753","attributes":{"class":"media-image size-full wp-image-14404 aligncenter","typeof":"foaf:Image","style":"","width":"1396","height":"785","alt":""}}]]

 

Os australianos carimbaram sua classificação para a semifinal, onde terão como adversário a Espanha de Rick Rubio e Marc Gasol, nesta sexta-feira 13/09. Na outra semifinal duelarão Argentina e França (que conseguiu uma vitória histórica sobre os EUA).