Conteúdo

Em jogo morno, Raiders vencem fácil um medíocre Denver Broncos

10 de setembro de 2019

(por Gabriel Mott)

 

O primeiro MNF da temporada foi reservado para o confronto de Raiders e Broncos, adversários da AFC Oeste, provavelmente esperando que esse fosse a estréia de Antônio Brown como WR da franquia da Califórnia, mas depois de toda a confusão que a diva da NFL causou, acabou sendo dispensado dos Raiders, e o foco acabou indo para a franquia do Colorado, com a estréia de Joe Flacco como QB titular e de seu novo head coach, Vic Fangio.

Dentro de campo o que se viu foi um Oakland mordido, brigando em todas as posses, como se fosse uma resposta a tudo o que o time passou na temporada passada e intertemporada. Com um Derek Carr inspirado comandando o ataque, e alternando bons passes e corridas, foi fácil abrir 14 a 0, primeiro em passe para de Carr para Tyrell Williams e depois em corrida de Josh Jacobs. E se o ataque do time preto e prata estava funcionando, a defesa então jogava com sangue nos olhos, pressionando o limitado Flacco, que na maioria das vezes lançava bolas 5 jardas a frente da linha de scrimmage, e que foram totalmente improdutivas. Jogando com a mobilidade de um João-Bobo, Flacco foi presa fácil para a consistente linha defensiva dos Raiders, sendo pressionado a soltar a bola ou sacado constantemente, e ouvir o apito do final do segundo quarto foi uma benção para todo o time do Colorado.

Intervalo: Broncos 0 – 14 Raiders

 

No segundo tempo ficou ainda mais evidente a deficiência ofensiva e defensiva dos Broncos, enquanto Flacco passou a apostar mais no jogo corrido por não conseguir fazer o time progredir através do passe, a defesa voltou a apresentar o mesmo defeito do ano passado, o buraco que ficava entre a linha defensiva e a secundária, e sem conseguir pressionar Carr, ele fez o que quis no segundo tempo. Enquanto os Broncos só conseguiam marcar através de fied goal, em nova campanha com a triangulação Carr-Williams-Jacobs e ganhos de mais de 20 jardas em cada descida, os Raiders marcam seu terceiro TD no começo do último quarto. O TD de honra de Denver veio já próximo do 2-minute warning, quando a defesa de Oakland tirou o pé e Emmanuel Sanders diminuiu a vergonha do que sua equipe produziu durante too o jogo.

 
Final: Denver Broncos 16 – 24 Oakland Raiders
 

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"3745","attributes":{"class":"media-image size-full wp-image-14359","typeof":"foaf:Image","style":"","width":"2939","height":"1947","alt":""}}]] Oakland Raiders running back Josh Jacobs (28) celebrates after scoring a touchdown during the fourth quarter of an NFL football game against the Denver Broncos Monday, Sept. 9, 2019, in Oakland, Calif. At right is running back Alec Ingold (45). (AP Photo/Ben Margot) ORG XMIT: OAS123

 

Jon Gruden tem motivos para comemorar, mesmo tendo batido em bêbado, pois deve ter usado todo o problema causado por Antonio Brown e toda a exposição causada pelos conflitos e pelo Hard Knocks a seu favor, pois todos seus jogadores estavam extremamente motivados e a dúvida que fica é se essa motivação irá durar a temporada inteira ou será só fogo de palha.

Já pelos lados do Colorado, a luz amarela já está acesa. Esperava-se que o especialista em montar defesas, Vic Fangio, faria algo melhor do que Denver apresentou ano passado. A defesa foi medíocre, sem pressionar nenhuma vez o QB adversário, sem conseguir parar o jogo corrido e tomando um baile dos recebedores, situação inimaginável para quem tem Von Miller e Bradley Chubb. A estréia de Flacco foi melancólica e acabou com uma sequência de 7 anos dos Broncos começando com vitória.

 

Próximos jogos:

Oakland Raiders vs Kansas City Chiefs

Denver Broncos vs Chicago Bears