Conteúdo

Sucesso comercial, Michael Jordan segue sendo rei mesmo 20 anos após sua aposentadoria

9 de setembro de 2019

(por Leonardo Costa)

O reinado de Michael Jordan na NBA segue vivo apesar do atleta já ter se aposentado há 20 anos. Não estamos falando em termos esportivos, mas sim financeiros, pois MJ lidera a lista dos jogadores que mais ganham por seus acordos comerciais com marcas esportivas, aumentando sua conta bancária no último ano em US$ 130 milhões, incríveis US$ 98 milhões a mais que o segundo colocado, LeBron James.

Sua união com a Nike para criar o 'Air Jordan', em setembro de 1984, revolucionou a liga e, desde então, é um sucesso comercial. Tanto que, 35 anos depois, segundo um estudo da revista Forbes, a marca norte-americana faturou um total de US$ 3,14 bilhões no ano de 2018, 10% acima do que o registrado no ano anterior. Desse total, US$ 130,64 milhões se devem ao acordo para venda de tênis, no qual a linha do histórico 23 dos Bulls está muito acima das de LeBron James, Kevin Durant, Stephen Curry e Kobe Bryant.

Importante frisar que os acordos com as marcas esportivas supõem uma grande fonte de renda para os jogadores e inclusive chegam a superar seus próprios salários anuais, sobretudo de novatos, como é o caso do primeira escolha do último draft, Zion Williamson. Tratado como o jogador mais promissor a entrar na NBA desde LeBron em 2003, Zion já tem acordo fechado com Jordan Brand, braço da Nike, que de imediato já associou seus tênis com sua nova 'aquisição'.

O jogador dos Pelicans receberá US$ 13 milhões por temporada durante as seguinte sete campanhas, a troco de usar os tênis Jordan e ser a imagem da marca, uma cifra superior aos US$ 9,75 milhões que ganhará por seu compromisso com a franquia de New Orleans.

Com seu acordo com a Nike, Zion ocupa o sétimo lugar na venda de tênis conforme lista publicada pela Forbes, apesar de não ter disputado nenhum minuto sequer pela NBA, o que demonstra a forte aposta que a companhia fez na busca de uma nova grande estrela que lidere o futuro da marca.