Conteúdo

Em movimento surpreendente, Golden State Warriors acerta com D’Angelo Russell e perde Iguodala para os Grizzlies

1 de julho de 2019

(por Rafael Lima)
 
Neste início insano de Free Agency, o Golden State Warriors protagonizou o movimento mais inusitado. A franquia californiana adquiriu o armador D’Angelo Russell por um contrato de US$ 117 milhões pelos próximos quatro anos.
Na negociação, para ajustar a folha salarial, os Warriors abriram mão de Andre Iguodala, que jogará pelo Memphis Grizzlies. Além disso, o time do Tennessee ainda receberá três escolhas de primeira rodada dos drafts de 2024, 2025 e 2026 (as duas primeiras protegidas).
Junto com Russell, os Nets ainda devem enviar Shabazz Napier e Treveon Graham para os Warriors.
A troca surpreende, pois com a saída de Durant, iguodala seria o substituto natural para a posição, porém, o Golden State abriu mão dele para oferecer um contrato máximo ao jovem Russell, que será um sexto homem, reserva de Stephen Curry, sendo que o elenco já conta com Shaun Livingston, que dá conta do recado. Se isso não fosse diferente, junta-se o fato da franquia inflacionar seu elenco precisando ainda de um pivô e um ala em condições de serem titulares, ou seja, está difícil encontrar um sentido para este negócio.
Pelo lado do Memphis Grizzlies, a chegada de Andre Iguodala é mais uma boa notícia, já que a franquia conseguiu renovar com Jonas Valanciunas e ainda ganhou escolha futura de Draft.
Andre Iguodala deve ter um papel fundamental na jovem equipe, que depositou todas as fichas no rookie Ja Morant.
 

 
Com Iguodala, o quinteto inicial dos Grizzlies deve ser formado por Ja Morant, Avery Bradley, Andre Iguodala, Jaren Jackson Jr. e Jonas Valanciunas. O banco de reserva possui nomes interessantes como Kyle Anderson Kyle Korver, Jae Crowder, Dillon Brooks, CJ Miles e Joakim Noah, formando um elenco que poderá brigar por uma oitava vaga nos playoffs do Oeste.