Conteúdo

Raptors devoram Sixers de modo humilhante e vencem o jogo cinco da série!

8 de maio de 2019

(por Jefferson Castanheira)

 

Como uma mocinha perdida em um filme de terror o Philadelphia 76ers entrou em campo. Histérica, correndo atrás do vilão e temendo pela sua vida, a personagem clichê se atrapalha correndo de seu predador, tropeçando, caindo, se machucando sozinha, facilitando o trabalho de um assassino em série que somente caminha, sem pressa, em direção à desesperada garota sem esperança. Sorrateiramente, agindo como Freddy Krueger nos filmes clássicos do thrash de horror, Kawhi Leonard e Pascal Siakam lideraram os Raptors, transformando o sonho dos Sixers em uma verdadeira Hora do Pesadelo.

 

O Jogo

Não existiu resistência após os Raptors tomarem a liderança aos 5 minutos restantes do primeiro quarto. Com os Sixers agindo inicialmente de modo sólido, a franquia de Philadelphia começou a degringolar de modo estranho para uma equipe que chegou até aqui, nas semifinais de conferência. Batendo cabeça, não se comunicando direito, perdendo bolas absurdas e arriscando jogadas descabidas, os Sixers perderam o total controle muito antes do início do segundo período. O técnico de Philly, Brett Brown, se descontrolou muitas vezes no banco, levantando, gritando com seu time, que parecia tomado pelos “monstars”, como no filme Space Jam, onde roubam os talentos de grandes jogadores de basquete da época.

Os Raptors não tinham nada a ver com isso. Vislumbrando o total descontrole do adversário, a equipe canadense abriu vantagem atrás de vantagem, chegando a até 40 pontos de distância de Philly. Falando inclusive sobre erros dos 76ers, Toronto anotou 31 pontos originados de falhas de comunicação e jogadas pífias em escolhas ainda mais questionáveis de Philadelphia. Com isso, o Toronto Raptors distribuiu sua rotação, poupou grandes esforços e fez com que seis de seus jogadores pontuassem 10+ pontos, com destaques para um double-double de Kawhi Leonard, com 21 pontos e 10 rebotes, e Pascal Siakam, com 25 pontos anotados e 8 rebotes.

 

 

Por Philadelphia, Jimmy Butler ainda tentou liderar, em atuação pouco inspirada ofensivamente (37% de conversão de arremessos), com 22 pontos e 7 assistências, o cortejo dos Sixers neste jogo 5. Péssima noite para Joel Embiid, que chegou a ceder sonoros oito turnovers. Seguido de uma atuação perdida de Ben Simmons, com cinco turnovers.

Final: Philadelphia 76ers 89 x 125 Toronto Raptors (Toronto lidera por 3-2)

O Jogo 6 acontecerá já na próxima quinta-feira, dia 09 de maio, às 21h, com transmissão da ESPN.