Conteúdo

Tampa Bay Rays: a surpresa da temporada

7 de maio de 2019

(por Layo Lucena)

 

Atualmente os Rays estão na primeira posição na classificação geral da MLB com 21 vitórias e 12 derrotas, algo que nem o torcedor mais fanático esperaria. Mas como explicar esses números, e quem são os principais responsáveis por esse inesperado 2019 da equipe de Tampa Bay?

Talvez o principal responsável por esses resultados seja o grupo de arremessadores composto por Blake Snell, Tyler Glasnow e Charlie Morton. Os dois últimos vem tendo uma temporada memorável. Começando por Glasnow que, em sete jogos como titular, ainda está invicto na temporada, além de ter 46 strikeouts e um ERA (corridas cedidas) de 1.47, um dos mais baixos da liga. Assim como Glasnow, Morton ainda permanece sem derrotas (3-0), o camisa 50 dos Rays atuou em 39 entradas, e coleciona 48 strikeouts e um ERA de 2.52.

Além de um bullpen forte, o time da Flórida conta com um explosivo ataque liderado por Tommy Pham e Brandon Lowe. A dupla é uma das mais efetivas na atual temporada da MLB. Pham tem quatro home runs, 14 corridas, 14 corridas impulsionadas e 36 rebatidas válidas, em 146 aparições no monte (.295). já Lowe, coleciona sete home runs, 20 corridas, 19 corridas impulsionadas e 34 rebatidas válidas, em 121 aparições no monte.

Em resumo, os Rays tem uma equipe equilibrada no ataque, defesa, e no grupo de arremessadores, ou seja, um time altamente competitivo e que tem todas as chances de chegar bem longe nos Playoffs. A única coisa que pode preocupar o torcedor é se o time será capaz de manter o rendimento até o fim da temporada regular.