Conteúdo

Buffalo volta a vencer, Sharks conhecem primeira derrota depois de sete partidas e a NHL continua surpreendente

17 de janeiro de 2019

(por Rafael Lima)

Confira como foram as vitórias de Sabres e Coyotes, além de todos os resultados da quarta-feira na NHL:

Buffalo Sabres 4-3 Calgary Flames (OT)

Os Sabres vinham de péssima sequência, caindo pelas tabelas. Os Flames, líderes do Pacífico, estavam "on fire" e jogavam em casa. O esperado era um passeio de Calgary, porém, a NHL é sensacional por isso, todo mundo pode ganhar de qualquer adversário e a cada jogo podemos presenciar uma surpresa.

Na última etapa o duelo ficou mais aberto e os gols saíram com mais facilidade, Matthew Tkachuk colocou Calgary na frente novamente, mas os Sabres empataram menos de um minuto depois com Rasmus Dahlin. Jake McCabe virou o confronto para Buffalo, só que aí foi a vez dos Flames empatarem prontamente com Noah Hanifin. Os dois times estiveram próximos da vitória, mas o embate foi para o tempo extra. Na prorrogação, Jack Eichel marcou para Buffalo e quebrou a sequência negativa da equipe, no típico triunfo que dá muita moral ao vencedor.

A partida foi muito equilibrada e tensa, aquele típico jogo truncado. O primeiro gol saiu no fim da etapa inicial com Johnny Gaudreau para os anfitriões. Evan Rodrigues empatou na etapa seguinte e os times foram empatados para o período final.

San Jose Sharks 3-6 Arizona Coyotes

O San Jose Sharks vinha de uma sequência de sete vitórias seguidas, jogando de maneira segura e agressiva, porém, o oitavo triunfo e a chance de assumir a liderança no Pacífico, parou no surpreendente Arizona Coyotes, que atuou com muita frieza e controlou o duelo durante todo o tempo.

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"2340","attributes":{"class":"media-image wp-image-9020","typeof":"foaf:Image","style":"","alt":""}}]]

Em menos de cinco minutos o placar já apontava 2 a 0, com gols de Lawson Crouse e Richard Panik em power play. Kevin Labanc diminuiu rapidamente para San Jose e os Sharks estiveram próximos de empatar o embate até o fim do período. Só que na etapa seguinte, Christian Fischer e Oliver Ekman-Larsson ampliaram para os anfitriões, na Gila River Arena, praticamente enterrando as chances dos Sharks pela forma como o jogo se desenrolava. Mas, como "não tá morto quem peleia", Evander Kane diminuiu ainda no segundo período e Logan Couture deu esperança aos visitantes na etapa final. Os Sharks foram com tudo em busca do empate, sufocaram, tiraram o goleiro, mas viram Alex Galchenyuk e Josh Archibald marcarem os dois gols derradeiros do duelo, liquidando a fatura.

Outros Resultados:

Colorado Avalanche 2-5 Ottawa Senators

Boston Bruins 3-4 Philadelphia Flyers

Edmonton Oilers 3-2 Vancouver Canucks