Conteúdo

Penguins perdem em casa e encerram sequência, Coyotes e Oilers passaram o trenó e Winnipeg Jets cada vez mais favoritos!

7 de janeiro de 2019

(por Raphael Carvalho)

Saiba como foram os confrontos de domingo na NHL:

 
Carolina Hurricanes 5 @ 4 Ottawa Senators
Gols: Carolina – Justin Faulk (1:12/1st); Brock McGinn (4:38/1st); Jaccob Slavin (6:13/2nd); Dougie Hamilton (14:54/2nd); Justin Williams (7:34/3rd)

Ottawa – Matt Duchene (2:32/2nd); Ryan Dzingel (12:17/2nd); Rudolfs Bacers (19:12/2nd); Jean-Gabriel Pageau (19:20/2nd)

O time de Ottawa perdeu mais uma na temporada, a oitava consecutiva e amarga a última posição da liga. O Carolina Hurricanes conseguiu a vitória fora de casa e ainda tenta uma vaga no Wild Card, com metade da temporada ainda por vir, essa será a grande disputa para os Hurricanes.

O jogo foi bem legal e disputado, com o time dos Hurricanes abrindo o placar muito cedo e vencendo o primeiro período por 2x0, com gols de Justin Faulk e McGinn. Porém, o Ottawa voltou melhor no segundo período e conseguiu diminuir o prejuízo, mas logo depois os Hurricanes conseguiram colocar 4x2 no marcador. O fator que deixou esse jogo emocionante foi o minuto 19 do segundo período, onde os Senators anotaram dois gols em 8 segundos, o primeiro aos 19:12 com Bacers e o segundo com Pageau aos 19:20, e assim o jogo foi para o terceiro período empatado em 4x4. No período final, Justin Williams marcou o gol derradeiro e os Hurricanes venceram a partida fora de casa, decretando a oitava derrota seguida aos Senators.

 
New York Rangers 0 @ 5 Arizona Coyotes
Gols: Conor Garland (7:19/1st); Mario Kempe (9:19/1st); Conor Garland (6:34/2nd); Clayton Keller (15:12/2nd); Alex Galchenyuk (16:38/2nd)

 

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"2318","attributes":{"class":"media-image size-full wp-image-8821 aligncenter","typeof":"foaf:Image","style":"","width":"1200","height":"800","alt":""}}]]

Os dois times possuem situações similares na temporada, nenhuma das equipes almeja grandes voos e a realidade é que esperam o fim da temporada para poderem se reforçar para o futuro. Jogando dentro de casa, o time dos Coyotes passou o trenó por cima do time de Nova Iorque, que não teve nem chances de reação durante a partida. Logo no primeiro período, Arizona marcou duas vezes com Conor e Kempe, antes dos primeiros 10 minutos. E sem ameaçar muito o goleiro dos Coyotes, os Rangers foram para o segundo período em grande desvantagem.

Voltando para o segundo período, Conor Garland castigou novamente no começo, aos 6:34 ele marcou o terceiro do Arizona e segundo dele, e praticamente selou a vitória dos Coyotes. Ainda no terceiro período, Keller e Galchenyuk deram os golpes finais e fecharam a goleada para o time da casa. No terceiro período não houveram pontos e o jogo ficou morno, com o time de Arizona somente administrando, enquanto os Rangers estavam completamente atordoados e sem poder de reação.

 
New Jersey Devils 2 @ 3 Vegas Golden Knights
Gols: Devils – Nico Hischier (5:06/1st); Ben Lovejoy (9:37/1st)

Golden Knights – Ryan Reaves (12:30/1st); Brayden McNabb (11:17/2nd); Max Pacioretty (15:46/2nd)

O jogo entre New Jersey e Vegas foi mais apertado que o imaginado, o time dos Devils não tem muitas pretensões para a temporada, enquanto os Golden Knights estão em segundo no Pacífico e brigando forte pela pós-temporada.

O jogo só foi mais difícil para o VGK pelo forte começo no primeiro período dos Devils, que abriram a contagem cedo e ampliaram antes da metade do primeiro período, com gols de Hischier e Lovejoy. Porém, o time de Vegas sabendo que não pode perder pontos bobos, acordou na partida e começou a atacar mais agressivamente e marcar seus gols.

Ryan Reaves diminuiu a desvantagem aos 12:30 ainda do primeiro período e deu ao Vegas tranquilidade para trabalhar o jogo no segundo período. Com mais time e vontade, os Golden Knights mataram o jogo na segunda metade do segundo período, quando McNabb e Pacioretty marcaram os 2 gols que deram a vitória dentro de casa. O terceiro período foi de cadência e administração por parte do time da casa, que conseguiu segurar o jogo e o placar, vencendo por 3x2 o time dos Devils.

 
Dallas Stars 1 @ 5 Winnipeg Jets
Gols: Dallas – Alexander Radulov (1:56/2nd)

Winnipeg – Adam Lowry (2:56/2nd); Tyler Myers (18:56/2nd); Kyle Connor (1:15/3rd); Josh Morrisey (16:30/3rd); Bryan Little (19:42/3rd)

No jogo entre dois times aspirantes a pós-temporada, deu a lógica, vitória de um dos melhores times do campeonato e um dos favoritos à Stanley Cup. Dallas, que antes não estava no wild card, caiu para ele com essa derrota e seguirá brigando com mais 4/5 times a vaga nos playoffs. Enquanto os Jets lideram a divisão Central.

O jogo foi tranquilo, mas até o segundo período nada de gols na partida. O jogo tinha muitas chances de gol, mas os goleiros conseguiam suportar a pressão. Até que na volta do intervalo, o time de Dallas conseguiu abrir o marcador com Radulov, porém, a falta de atenção do time dos Jets acabou nesse momento, pois logo em seguida a reação já veio e de forma brutal.

Adam Lowry colocou o jogo em igualdade, 1 minuto depois do gol de Alexander, e a partir daí a partida começou a ficar mais interessante, os Jets buscavam o jogo o tempo todo e os Stars tentavam segurar o resultado, jogando por um lance para sair com uma enorme vitória. Porém, no final do segundo quarto, Myers marcou o segundo e colocou o time de Winnipeg em boa situação.

 

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"2319","attributes":{"class":"media-image size-full wp-image-8822 aligncenter","typeof":"foaf:Image","style":"","width":"1200","height":"800","alt":""}}]]

 

Abrindo o terceiro período, Kyle Connor praticamente garantiu o triunfo para os Jets, marcando o terceiro gol do jogo e dando tranquilidade ao torcedor. O duelo a partir daí ficou mais calmo, Dallas se via encurralado e sem poder de reação, por outro lado os Jets administravam a partida e buscavam oportunidades. E elas vieram, aos 16:30 e aos 19:42, Josh Morrissey e Bryan Little fecharam a conta e colocaram mais uma vitória na conta dos Jets, a quinta seguida.

 
Washington Capitals 3 @ 2 Detroit Red Wings
Gols: Washington – Tom Wilson (6:57/1st); Travis Boyd (6:19/3rd); Michal Kempny (16:08/3rd)

Detroit - Anthony Manta (14:08/1st); Filip Hronek (6:48/2nd)

Grande jogo em Detroit, e quem se deu melhor foi o time da capital Americana. Com 9 vitórias nas últimas 11 partidas, Washington ganha fora de casa e se firma em primeiro da divisão Metropolitana.

O jogo foi de viradas no placar, os Capitals começaram melhor e abriram o placar no primeiro período com Tom Wilson, mas após isso o ataque foi ineficiente, eles viram Manta empatar o jogo e viram Filip Hronek virar a partida no segundo quarto. Passando quase 20 minutos em branco, o ataque dos Capitals voltou a funcionar aos 6:19 do último período, quando Travis Boyd empatou a partida. Depois disso o duelo ficou emocionante e ambas equipes tiveram oportunidade para assumir a liderança do placar, e o embate ficou quase 10 minutos em disputa acirrada, até que Michal Kempny deu a vitória para o time de Washington, marcando o gol derradeiro aos 16:08.

Detroit perde dentro de casa e provavelmente ficará fora da pós-temporada, hoje ocupa a oitava posição no Wild Card e terá que ter uma mudança muito grande na temporada para se classificar.

 
Edmonton Oilers 4 @ 0 Anaheim Ducks
Gols: Edmonton – Conor McDavid (7:37/1st); Jesse Puljujarvi (16:05/1st); Kyle Brodziak (19:49/1st); Leon Draisaitl (7:25/2nd)

 

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"2320","attributes":{"class":"media-image size-full wp-image-8823 aligncenter","typeof":"foaf:Image","style":"","width":"3985","height":"2656","alt":""}}]]

 

Anaheim perde partida importante dentro de casa e parece estar ladeira abaixo, o recorde do time nas últimas partidas é de 2-6-2. Atualmente o time ocupa a segunda posição do wild card, mas é melhor abrir o olho, pode ficar fora dos playoffs, os Canucks já estão na cola.

Edmonton passou o trenó dentro do Honda Center, marcando 3 gols no primeiro período e fechando a conta logo no início do segundo. Foi um passeio o jogo, não teve emoção, os Ducks estavam apáticos, não reagiram e os Oilers aproveitaram e saíram com uma boa vitória. Edmonton também está de olho na pós-temporada e está hoje a 3 pontos de uma vaga no Wild Card.

 
Chicago Blackhawks 5 @ 3 Pittsburgh Penguins
Gols: Chicago – Alex DeBrincat (16:23/1st); Chris Kunitz (6:46/2nd); Duncan Keith (16:59/2nd); Dylan Strome (1:48/3rd); Jonathan Toews (19:33/3rd)

Pittsburgh – Patrick Hornqvist (2:43/1st); Jake Guentzel (4:33/1st); Derrick Brassard (9:49/2nd)

O jogo de mais alto nível de domingo foi protagonizado por Blackhawks e Penguins. Os dois times estão em situações diferentes, pois o Chicago hoje está fora do Wild Card e tem algumas equipes na frente até alcançar a pós-temporada. Já os Penguins estão em segundo na divisão Metropolitana e certamente estarão nos playoffs.

O duelo começou bom para os Penguins, que pelo fato de estarem jogando em casa, tinham o apoio e o embalo da torcida, desta maneira marcaram 2 gols em 4:33 minutos e tudo parecia encaminhar para um final feliz para os donos da casa. Porém, no final do primeiro tempo, DeBrincat diminuiu o placar e mostrou que Chicago não foi para passear.

Voltando para o segundo período Chris Kunitz anotou o segundo dos Blackhawks e empatou o embate, porém, logo em seguida, Brassard tratou de colocar o time de Pittsburgh na frente denovo. O problema foi que o ataque parou por aí, e os Penguins não conseguiram mais ultrapassar a barreira defensiva de Chicago. Por outro lado, o ataque do time visitante foi pra cima, e depois de empatar o jogo no final do segundo quarto, os Blackhawks foram pra cima e atropelaram no último período, vencendo por 2 a 0, e decretando o final de jogo com um 5x3 fora de casa contra um dos melhores times da liga.

Dura derrota para os Penguins que encerraram sua sequência de 8 vitórias, e grande atuação de Chicago que deixa uma esperança em seus torcedores.