Conteúdo

Colts dão show e atropelam Texans fora de casa

6 de janeiro de 2019

(por João Zarif)

O NRG Stadium, casa do Houston Texans, recebeu o jogo de wildcard entre o campeão da AFC Sul e o Indianapolis Colts, classificado com a 2ª vaga de wildcard. Na abertura dos playoffs dessa temporada, o jogo parecia ser bem equilibrado na teoria, mas o primeiro tempo foi bem diferente do esperado.

Os Colts tomaram as rédeas da partida, liderados pelo quarterback Andrew Luck, que acionou suas principais armas ofensivas, o running back Marlon Mack, os wide receivers T.Y. Hilton e Dontrelle Inman, além do tight-end Eric Ebron. Os jogadores não deram chances a poderosa defesa do time da casa, liderada por JJ Watt, que não viu a cor da bola no primeiro tempo. Os visitantes saíram para o intervalo vencendo por 21-0. Uma atuação quase impecável, não fosse uma interceptação de Andrew Luck, que não resultou em nada para o ataque da casa. Aliás, Deshaun Watson, o quarterback dos Texans, não teve vida fácil, foi muito pressionado, não conseguiu conectar passes importantes com o wide receiver DeAndre Hopkins, uma das estrelas da liga, e não teve ajuda do jogo terrestre.

Na volta do intervalo os Texans ajustaram as coisas e o jogo ficou equilibrado, com as duas defesas atuando em um nível acima dos ataques. O resultado não podia ser diferente, as equipes passaram em branco no 3º quarto. No 4º período os Texans conseguiram uma boa campanha, e chegaram ao touchdown com Keke Coutee, que soltou a bola cruzando a linha de gol, e quase teve o TD revertido em touchback. A pontuação deixou a diferença em duas posses de bola, restando pouco mais de 11 minutos no relógio. Os Texans tiveram a chance de encostar no placar, com a defesa aparecendo, mas os Colts continuaram pressionando o QB de Houston, gastaram o tempo com Marlon Mack e muitas corridas, e garantiram a vaga na semifinal da AFC.

Final: Houston Texans 7x21 Indianapolis Colts
O jogo tinha tudo para ser muito parelho, mas Indianapolis desde o início impôs seu jogo, com um ataque poderoso e uma defesa com muita pressão em Deshaun Watson. Os Texans decepcionaram sua torcida em casa. O ataque foi completamente apagado pelos Colts, com Watson lançando apenas uma interceptação, mas tendo muita dificuldade em completar seus passes. Foram 29 em 49 tentativas. Já do lado dos visitantes, só existem motivos para comemorar.

 

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"2201","attributes":{"class":"media-image size-full wp-image-8783 aligncenter","typeof":"foaf:Image","style":"","width":"1920","height":"1308","alt":""}}]]

 

A atuação aumentou a expectativa do time chegar longe nos playoffs, já que a vitória com propriedade aconteceu longe dos seus domínios. Um time com defesa forte e muitas opções ofensivas, além de um quarterback entre os melhores da liga, sempre chama atenção. Na semana que vem os Colts irão enfrentar o Kansas City Chiefs, fora de casa.

Os Chiefs tiveram bye na rodada de wildcard, por terem a melhor campanha da AFC. O jogo colocará frente a frente Patrick Mahomes, quarterback sensação da liga, e Andrew Luck, que voltou de lesão essa temporada, e vem mostrando que é top 5 da NFL. Uma coisa é certa, seja quem for que consiga passar no duelo do Arrowhead Stadium, a AFC continuará completamente aberta, com o campeão da AFC Sul derrotado em casa na abertura dos playoffs.