Conteúdo
×

Error message

  • Notice: Trying to access array offset on value of type bool in imagecache_token_tokens() (line 179 of /home/playmakerbr/playmakerbrasil.com.br/sites/all/modules/contrib/imagecache_token/imagecache_token.tokens.inc).
  • Notice: Trying to access array offset on value of type bool in imagecache_token_tokens() (line 183 of /home/playmakerbr/playmakerbrasil.com.br/sites/all/modules/contrib/imagecache_token/imagecache_token.tokens.inc).
  • Notice: Trying to access array offset on value of type bool in imagecache_token_tokens() (line 179 of /home/playmakerbr/playmakerbrasil.com.br/sites/all/modules/contrib/imagecache_token/imagecache_token.tokens.inc).
  • Notice: Trying to access array offset on value of type bool in imagecache_token_tokens() (line 183 of /home/playmakerbr/playmakerbrasil.com.br/sites/all/modules/contrib/imagecache_token/imagecache_token.tokens.inc).

Rams batem Seahawks em Los Angeles

12 de novembro de 2018

(por Edmar Jardim)

 

Em jogo válido pela 10ª semana da NFL, o Los Angeles Rams venceu o Seattle Seahawks no Los Angeles Coliseum, e segue firme no caminho dos playoffs. A vitória marcou a recuperação dos Rams após sofrerem sua primeira derrota na semana passada, e também a virtual classificação da equipe pra pós-temporada, uma vez que atingiram o recorde de 9-1, contra 4-5 do 2º colocado na divisão, justamente o time de Seattle.

Tentando absorver os pontos principais da partida e que poderão fazer a diferença lá na frente ao virtual classificado LA Rams, é possível destacar alguns pontos. O principal deles, ao meu ver, é que aquela “sensação” do início da temporada já não é mais a mesma.

Pela segunda vez os Rams enfrentaram a defesa dos Seahawks nessa temporada. Pela segunda vez tiveram dificuldades, e novamente o placar ficou em uma posse de bola, com a possibilidade da vitória de Seattle até os segundos finais. A defesa do time de Pete Carrol não é mais a mesma, apesar de ter qualidade e talento principalmente no corpo de linebackers. A secundária ainda peca em leituras básicas e na marcação individual, e o pass rush ainda não é o dos sonhos.

Ora, se Goff e seu ataque estelar tiveram dificuldades contra uma defesa que pressiona pouco, tem uma secundária que permite alguns passes longos, e que ainda atua de forma inconstante apesar da evidente melhora, fica exposto que o outrora bicho papão não é tão feio quanto parece, e algumas equipes podem pra jogar de igual pra igual contra o time de Los Angeles.

Sean McVay conta com atletas diferenciados e talentos natos no seu ataque, mas principalmente um sistema de jogo muito bem montado e calcado nessas peças, como Gurley (um verdadeiro monstro) e o trio de recebedores Kupp (que sofreu uma grave contusão), Cooks, e Woods.

 

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"2031","attributes":{"class":"media-image size-full wp-image-7071 aligncenter","typeof":"foaf:Image","style":"","width":"1200","height":"820","alt":""}}]]

 

Meu ponto é justamente o que acredito ser o mais frágil, que é justamente o quarterback Jared Goff. Não cabe qualquer crítica à atuação, que foi excelente do ponto de vista do placar e dos números. Porém, acredito que no determinado momento em que o sistema de McVay não funcionar perfeitamente, ou que se enfrente uma equipe que anota muitos pontos (como foi contra o Saints), gerando a necessidade do ataque pontuar em situações de pressão na partida, Goff pode ser a peça que vá destoar.

Ainda sobre LA, muitas faltas e jardas importantes perdidas na partida de ontem. Conseguiram ter mais faltas do que os Seahawks, que tem um time naturalmente faltoso, mas que vem melhorando isso. Seattle, aliás, mostrou a mesma inconstância de sempre no ataque. Wilson às vezes é gênio. Às vezes…

As chamadas também fazem diferença. Brian Schottenheimer chama corridas pelo meio em algumas descidas que pedem algo diferente. Irrita. Já no snap seguinte, uma big play. O torcedor não sabe o que esperar, e fracasso e sucesso caminham lado a lado separados pela linha tênue de um playbook em desenvolvimento.
Final: Seahawks 31-36 Rams
Seahawks brigam pelo Wild Card, ainda que com chances limitadas. Rams virtualmente classificados, e brigando pela condição de mando de campo nos playoffs. Foi mais um grande jogo, e já na semana 10 a NFL começa a deixar saudades...