Conteúdo
×

Error message

  • Notice: Trying to access array offset on value of type bool in imagecache_token_tokens() (line 179 of /home/playmakerbr/playmakerbrasil.com.br/sites/all/modules/contrib/imagecache_token/imagecache_token.tokens.inc).
  • Notice: Trying to access array offset on value of type bool in imagecache_token_tokens() (line 183 of /home/playmakerbr/playmakerbrasil.com.br/sites/all/modules/contrib/imagecache_token/imagecache_token.tokens.inc).
  • Notice: Trying to access array offset on value of type bool in imagecache_token_tokens() (line 179 of /home/playmakerbr/playmakerbrasil.com.br/sites/all/modules/contrib/imagecache_token/imagecache_token.tokens.inc).
  • Notice: Trying to access array offset on value of type bool in imagecache_token_tokens() (line 183 of /home/playmakerbr/playmakerbrasil.com.br/sites/all/modules/contrib/imagecache_token/imagecache_token.tokens.inc).

Brees reescreve história da NFL e Saints atropelam Redskins no MNF

9 de outubro de 2018

(por Marcos André)
 
O relógio marcava 2:46 para o fim do primeiro tempo. Vencendo por 20 a 6, os Saints tinham a bola na linha de 38 jardas do campo de defesa. Tentando praticamente liquidar a fatura, Drew Brees entrou em campo - e para a história. Com o touchdown para Tre'Quan Smith, em uma campanha de uma jogada, o QB passou Peyton Manning e se tornou o jogador com mais jardas lançadas na história da liga.
Com o momento histórico, a emoção tomou conta do Superdome. Brees - sem dúvida um dos maiores atletas da história do futebol americano - foi homenageado, encaminhou a bola do recorde para o Hall da Fama e viu de perto a emoção da sua família, na sideline.
 

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"1937","attributes":{"class":"media-image size-full wp-image-5813 aligncenter","typeof":"foaf:Image","style":"","width":"1200","height":"839","alt":""}}]]

 
Após a rápida interrupção no jogo, o ataque dos Saints, que já parecia imparável, confirmou a tese. Sem problemas para caminhar pelo campo, anotou mais dois touchdowns no terceiro período e ampliou a liderança para  40 a 13. No quarto derradeiro, apenas administrou a confortável vantagem no placar para garantir a quarta vitória em cinco jogos.
 
Placar final: Saints 43 - 19 Redskins
 
Para os Redskins, a decepção é dupla: além da atuação fraca da defesa, a ausência de disciplina - com faltas inexplicáveis - custou caro. Para o torcedor de Washington, o alívio fica com o fato de que todos os times da NFC East perderam na rodada.
Agora com duas vitórias em 4 jogos, os Redskins voltam a campo no domingo, em casa, para receber os Panthers. Os Saints não entram em campo na próxima semana - o próximo compromisso de Drew Brees e cia. é só dia 21, em Baltimore.