Conteúdo

O fim da semana 7 da NBA trouxe 5 jogos neste último domingo

4 de dezembro de 2017

Com direito a blowout dos Warriors visitando o Miami Heat, confira análises e resultados dos jogos que abrilhantaram a noite dominical.
(por Jefferson Castanheira)

 Golden State Warriors 123 x 95 Miami Heat

Vitória tranquila para o atual campeão da NBA, que agora soma 3 vitórias consecutivas em suas 18 na temporada, com 6 derrotas. A vítima dessa vez foi o Miami Heat, que recebeu os Warriors em sua American Airlines Arena no sul da cidade mais popular da Flórida. Os Warriors dispararam no segundo tempo, anotando 26 pontos a mais que o Heat, que chegou a liderar no primeiro quarto até a metade do segundo, mas foi surpreendido pelo elenco poderoso e completo do GSW. Stephen Curry anotou 30 pontos em seu duelo particular contra Goran Dragic, com 20. Outro destaque ofensivo dos Warriors foi Kevin Durant, com 24 pontos. Miami não contou com o pivô Hassan Whiteside, o que dificultou e muito a vida dos donos da casa contra a dominância ofensiva do time da Califórnia.

 Houston Rockets 118 x 95 Los Angeles Lakers

Está cada vez mais claro que Kyle Kuzma é o rookie leader do Los Angeles Lakers. Kuzma foi o melhor jogador de LA, com 22 pontos e 12 rebotes, ainda assim derrotado pelo líder da conferência oeste, Houston Rockets, que contou com mais uma atuação de MVP de James Harden, com 36 pontos e 9 assistências. CP3 contribuiu também com 21 pontos, em seu duelo de armadores contra o apagadíssimo Lonzo Ball, que mesmo tendo 22 minutos em quadra, não fez sequer um arremesso convertido, isso mesmo 0% de conversão, com apenas 1 rebote e 3 assistências. Lakers precisa dar mais minutos para Kuzma, que é a grande esperança de futuro da principal franquia de LA.

San Antonio Spurs 87 x 90 Oklahoma City Thunder

OKC continua oscilando, dessa vez na ladeira para a vitória. Ao receber o San Antonio Spurs, o Thunder teve uma partida muito sólida, com grande consistência e bom trabalho de bola nos dois primeiros quartos. Mas conforme o tempo foi passando, a reação dos Spurs estava eminente, como foi no último quarto, em que o visitante conseguiu tomar a liderança pela primeira vez na partida. Mas aí o nome do MVP Russell Westbrook soou muito forte. Faltava um destaque para os Spurs, que tiveram todos seus quesitos liderados por um só jogador, Dejounte Murray, com 17 pontos, 11 rebotes e 5 assistências. Westbrook do outro lado, resolveu a partida. Com 22 pontos, 10 rebotes e 10 assistências, triple double para retomar a liderança da partida e vencer o Spurs. Destaque negativo para Paul George, que teve péssima pontaria ontem ao converter 2 de 17 arremessos.

Los Angeles Clippers 106 x 112 Minnesota Timberwolves

Faltando 7 semanas ainda para Blake Griffin voltar para os Clippers, está bem difícil jogar sem ele, ainda mais contra um time tão arrumado e sincronizado como este Timberwolves, que causou a terceira derrota consecutiva para os Clippers. Karl Anthony Towns ajudou com um double double, com 15 pontos e 12 rebotes, mas o destaque foi Jimmy Butler com 33 pontos e 8 rebotes. DeAndre Jordan duelou contra KAT e se saiu melhor em quesitos pessoais, com 17 pontos e 12 rebotes, e quem liderou os Clippers foi Austin Rivers com 30 pontos. Venceu a equipe mais equilibrada e com menos erros em quadra, natural no esporte, em uma partida equilibradíssima.

 Orlando Magic 105 x 100 New York Knicks

Sem Porzings, os Knicks tiveram que contar com um nome inesperado. Michael Beasley fez 21 pontos e liderou ofensivamente os donos da casa, que receberam o Magic e não se deram nada bem. Culpa de Nikola Vucevic, com 34 pontos anotados e 12 rebotes, jogando sozinho no garrafão, em uma partida em que o Magic chegou a abrir 17 pontos, devido a um ótimo primeiro quarto.