April 08, 2020

Disputado e emocionante, All-Star Game 2020 tem Team LeBron como vencedor e Kawhi Leonard é o primeiro Kobe Bryant MVP

(por Matheus Correia)

 

A última edição do All-Star Game já havia demonstrado um pouco de competitividade em quadra, mas a deste ano elevou a disputa para um nível ainda maior. O novo formato inédito da partida, que causou certo debate ao ser anunciado, acabou sendo um dos fatores que mais adicionaram emoção no duelo. As premiações destinadas às instituições educacionais escolhidas por cada equipe serviram como uma grande motivação para os jogadores em quadra.

O time de LeBron desbancou a equipe de Giannis, vencendo pelo placar de 157 a 155 e rendendo U$ 300 mil à instituição Chicago Scolars.

 O primeiro quarto do confronto foi um verdadeiro showtime; a equipe de LeBron usou e abusou das jogadas de Alley-Oop em contra-ataques rápidos, se aproveitando do início lento e desastroso do Team Giannis. Kawhi Leonard foi o grande destaque do primeiro período, anotando 12 pontos em 4 bolas de três convertidas (4/4) pelo Team LeBron. Com um placar final de 53 (LeBron) a 41 (Giannis), a instituição Chicago Scholars recebeu 100 mil dólares pela vitória de sua equipe representante.

No segundo quarto, foi a vez da equipe do Greek Freak aparecer. Enquanto o time adversário caiu de produção, Giannis assumiu a responsabilidade anotando 14 pontos no período. A energia de Antetokounmpo motivou o restante do time, que passou a botar mais seriedade em quadra, consequentemente deixando a partida mais “pegada” e interessante. A superioridade do Team Giannis no período ficou definida pela bola de três do meia da quadra de Trae Young no estouro do cronômetro. Mas vale também destacar a jogada mais inédita da partida orquestrada pelo Team LeBron: Em 15 anos de NBA, Chris Paul simplesmente completou a primeira ponte aérea de sua carreira. A equipe do grego venceu o quarto por 51 a 30, (92 a 83 no placar total) fazendo que com a instituição After School Matters ganhasse 100 mil dólares.

Embalados pela música de Chance The Rapper no intervalo, o Time de Antetokounmpo seguiu “on fire” no início do segundo tempo, com Rudy Gobert dando trabalho dentro do garrafão, anotando 12 pontos no terceiro período. Entretanto, a equipe de LeBron finalmente começou a reagir e dar início a uma partida emocionante e disputada em quadra. Com ambas as equipes se empenhando na defesa, evitando turnovers e cavando faltas para pontuar, o clima no final do terceiro período era de pós-temporada: todos os jogadores do banco de pé, contestando todas as marcações da arbitragem contra seus times. O time de LeBron liderava o placar nos instantes finais, mas uma ponte aérea de Trae Young para Gobert, faltando 2 segundos restantes no relógio, deixou o resultado final do quarto empatado (41-41), fazendo com que o prêmio de 100 mil dólares acumulasse para o último período. O placar total da partida no fim do terceiro quarto era de 133-124 favorecendo a equipe de Giannis.

A regra no último período foi diferente: Para homenagear Kobe Bryant, a equipe que até o momento estivesse vencendo a partida, iria somar 24 pontos ao seu placar, criando assim um “placar alvo”. Ou seja, a equipe que chegasse a marca de 157 pontos (133 somado à 24), iria vencer a partida. O início do quarto começou lento ofensivamente, graças à defesa de ambas as equipes. A equipe de LeBron se recuperou da diferença no placar e assumiu a liderança quando mais precisava. Destaque para a excelente defesa de garrafão do time, neutralizando a presença dos bigs do Team Giannis (Embiid ainda conseguiu se dar bem cavando falta). Kemba Walker, que vinha fazendo boa partida, deixou a desejar nos momentos cruciais da partida, perdendo a posse da bola de maneira boba e forçando arremessos. Giannis não anotou um ponto se quer no quarto período, mas foi muito bem defensivamente, distribuindo dois tocos em LeBron. As coisas ficaram dramáticas ao extremo quando o Team LeBron estava a apenas uma cesta de três para a vitória (153-154). A equipe adversária focou em defender o perímetro, e LeBron partiu para uma enterrada sozinho para deixar seu time a apenas um ponto da vitória. Embiid conseguiu deixar o Team Giannis vivo ao anotar dois lances livres, mas tudo acabou quando Anthony Davis sofreu uma falta e converteu um lance livre (dando um pouco mais de emoção ao errar o primeiro arremesso) para dar a vitória à equipe de LeBron e US$ 200 mil para a Chicago Scholars, que ganhou US$ 300 mil no total. Com certeza um dos All-Star Games mais emocionantes dos últimos tempos, e pode se dizer que isso se deve graças ao novo formato implementado.

Com 30 pontos, convertendo 8 bolas de três pontos, além de 7 rebotes e 4 assistências, Kawhi Leonard teve a honra de ser premiado com o primeiro Kobe Bryant MVP Award da história.

 

 

Outros destaques do Team LeBron:

LeBron James: 23 pontos, 5 rebotes e 6 assistências

Chris Paul: 23 pontos e 6 assistências

Anthony Davis: 20 pontos e 9 rebotes

Ben Simmons: 17 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

James Harden: 11 pontos e 6 assistências

 

Destaques Team Giannis:

Giannis Antetokounmpo: 25 pontos, 11 rebotes e 4 assistências

Kemba Walker: 23 pontos

Joel Embiid: 22 pontos e 10 rebotes

Rudy Gobert: 21 pontos e 11 rebotes

Pascal Siakam: 15 pontos e 6 rebotes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.