February 19, 2020

Mesmo com partida espetacular de Zion, Thunder vence Pelicans em grande jogo

(por Eduardo Schachnik)

 

Nem mesmo a maior pontuação da carreira de Zion Williamson foi capaz de manter a sequência dos Pelicans. A velocidade com que Zion tem crescido dentro da NBA é absurda, jogo após jogo o calouro fica mais à vontade e, nessa quinta, alcançou sua maior pontuação na carreira: 32 pontos. Porém, o Thunder fez valer a experiência do time e saiu com uma vitória da Louisiana.

A partida foi de encher os olhos e seria o destaque da rodada, não fosse o duelo épico entre Clippers e Celtics. Foram 22 trocas de liderança e 12 empates, com ótimo aproveitamento nos arremessos de quadra (50% OKC e 48% NOP) e de 3 pontos (48% OKC e 40% NOP). O detalhe foram os desperdícios de bola, o que tem sido um ponto fraco da jovem equipe de New Orleans que cometeu 17 erros no ataque contra 9 do Thunder.

O primeiro quarto foi muito igual e acabou com os mandantes na frente por um ponto: 30×29. Os visitantes abriram leve vantagem de 8 pontos no 2º período, sendo que os últimos 3 pontos vieram de forma espetacular: Steven Adams recebeu a saída de bola de Chris Paul e, com apenas uma das mãos, lançou uma granada da sua própria quadra de defesa, acertando a cesta de forma magistral e convertendo assim seu primeiro arremesso de 3 pontos em seis anos de carreira! O “aquaman” fez até uma dancinha para comemorar e ainda declarou que havia feito esse mesmo arremesso em uma brincadeira no treino do dia anterior.

 

 

No terceiro período os Pelicans chegaram a ficar 13 pontos atrás, mas voltaram ao jogo focando em Zion no garrafão. Com 6 minutos jogados no último quarto, os Pelicans tomaram a liderança em uma bandeja de Zion. A partir daí os dois times se revezaram na liderança até Steven Adams converter um arremesso com 1 minuto e meio para o fim que deu uma vantagem de 5 pontos para o Thunder, a qual manteve-se até o fim.

 

Final: Oklahoma City Thunder 123 @ New Orleans Pelicans 118

 

Sem Brandon Ingram, ou até mesmo com ele, esse time dos Pelicans pertence a Zion Williamson. O ala esteve ausente nesta partida com uma lesão no tornozelo, mas afirmou que pretende jogar em seu primeiro All-Star game no domingo. Seu estrelato parece ter durado pouco em New Orleans, pois o calouro a cada dia conquista mais os companheiros e a torcida. Nesta noite foram 32 pontos, sua melhor marca, permeados por enterradas, ponte aéreas e um toco sensacional. Quem mais colaborou com Zion foi J.J. Reddick, o 6º homem da equipe marcou 24 pontos. Lonzo Ball fez 16 pontos e Jrue Holiday 14 pontos e 11 assistências.

Pelo Thunder, Danilo Gallinari assumiu o controle nos momentos decisivos e com muita frieza marcou 29 pontos. O segundo maior pontuador, assim como nos Pelicans, saiu do banco: Dennis Schroder com 22 pontos. Shai Gilgeous-Alexander fez 17 pontos, Chris Paul anotou 14 pontos, 8 rebotes e 12 assistências e Steven Adams marcou, além da histórica cesta de 3, 11 pontos, pegou 11 rebotes e deu 3 tocos.

Será interessante ver os Pelicans jogarem após a folga ao All-Star com Zion mais entrosado e possivelmente Ingram de volta. O próximo compromisso do time é dia 21 contra os Blazers em Portland. O Thunder também volta a quadra no dia 21, quando recebe os Nuggets.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.